Discworld para Fate Acelerado

Olá, galerinha!

Aproveitando esse feriadão, resolvi organizar as prateleiras com jogos e livros, a papelada das campanha, one-shots e adaptações. No meio de todas as coisas, encontrei um velho one-shot onde que narrei uma adaptação bem divertida e resolvi modificá-la e apresentar para vocês.

Nossa viagem vai nos levar a um mundo inquieto que navega pelas correntes do universo, nas costas de uma grande tartaruga. Aqui, os deuses, apesar de serem pequenos, não deixam de ser grandes, os bárbaros escrevem livros, as cabeleireiras são heroínas e os sacrifícios adoram ser sacrificados.

Então, amigos, apertem bem seus cintos e guardem bem suas magias para que elas não fujam; nossa próxima parada é o Discworld.

Heróis Blindados: ficha de personagem

E sem mais delongas, aqui está a ficha de personagem para mecha, seguindo o conteúdo do meu último post. Aproveitem.

Heróis Blindados: Armaduras de Combate para Fate Acelerado

Ainda garoto — quando minha paixão por ficção científica estava se estabelecendo — eu li, pela primeira vez Starship Troopers, o clássico da FC de Robert Heinlein sobre uma sociedade futura extremamente militarizada, tentando sobreviver ao confronto com os Bugs (ou insetos), um conglomerado de raças (uma delas humanóide) com tecnologia similar à humana, exceto por uma coisa: Mecha. Esta foi a primeira menção (conhecida, pelo menos) deste tipo de tecnologia na ficção científica. O autor, que criou o conceito em 1959, provavelmente não tinha ideia que estaria trazendo à vida um gênero próprio que seria muito comum aos animes e mangás e que espalhou-se por RPGs, boardgames, quadrinhos, desenhos animados, filmes e claro, brinquedos.

Senhor dos Anéis FAE – Regras para Jornadas

Olá Camaradas!

Nesta semana vamos novamente dialogar sobre a adaptação de O Senhor dos Anéis para Fate Acelerado. E enquanto escrevo esses apontamentos para vocês, estou ouvindo a faixa dois – Concerning Hobbits – do álbum da Sociedade do Anel, de Howard Shore. Sempre que vou começar a planejar uma aventura no universo de O Senhor dos Anéis, costumo ouvir essa faixa e pensar: O que pode dar de errado? Essas e outras deambulações sobre planejamento no cenário, pretendo deixar para o arquivo final da adaptação — sim, já estou trabalhando nele. O último feriadão foi quase todo dedicado à escrita, testes e revisões para esta Jornada. E inclusive, no último domingo, realizei um playtest com alguns amigos do Mundos Colidem e antes do final desta postagem falarei sobre a aventura de páscoa na Terra Média.

Evolution Pulse: primeiro playtest

No último Calango Lúdico, no dia nove de abril, finalmente tive a oportunidade de fazer um playtest público do Evolution Pulse, o RPG de horror pós-cyberpunk pós-apocalíptico que está em financiamento coletivo no Catarse pela editora estreante Fábrica. Apesar do pouco público devido à ameaça de chuva, contei com a presença de dois jogadores que aguardavam para conhecer Evolution Pulse. Para os personagens prontos, utilizei os modelos de fichas traduzidas para o EP que foram disponibilizadas na página do Catarse, além de criar alguns recursos extras:

  • Os props que usei (imagens e gráficos variados) para ambientar os jogadores no cenário, além de um sumário dos diferentes tipos de abordagens;
  • As fichas de personagem prontas, com dois executores diferentes de cada tipo;
  • Um conjunto de fichas de Hekath variadas, para servirem de oponentes.

Avatar FAE: Atualização das Regras de Dobra

Olá, Camaradas!

Aqui estamos em mais uma sexta-feira no Nomos. E desta vez, começo nosso diálogo com uma boa notícia, na verdade uma ótima notícia. Estão prontos? O Mundos Colidem iniciou uma parceria com a Conexão Fate, uma referência nacional sobre o sistema. E como aqui no MC as sextas-feiras já são conhecidas como o dia do Fate, eu e o Grande Papai Smurf, Petras, nos tornamos os representantes do coletivo no fanzine nacional sobre o Fate/FAE. Desde já gostaríamos de agradecer ao Fábio Silva pelo convite, e reforçar o nosso comprometimento com o crescimento e a longevidade da iniciativa.

Guardiões da galáxia para FAE – Os Vilões!

E como prometido, aqui estão as fichas do principais oponentes dos Guardiões — exatamente como vistos no filme.

Senhor dos Anéis FAE – Artefatos Mágicos e Lendários

Enquanto eles cantavam, o Hobbit sentiu agitar-se dentro de si o amor por coisas belas feitas por mãos, com habilidade e com mágica (…)

— J.R.R. Tolkien, O Hobbit

Olá, Camaradas!

 

Essa semana voltamos a dialogar sobre a adaptação de O Senhor dos Anéis para Fate Acelerado. Você conhece o FATE/FAE? Se não sugiro uma leitura no artigo do Grande Papai Smurf sobre O que é RPG? Postado na Encruzilhada dos Mundos. E se gostar de super-heróis, sugiro dar uma vasculhada na coluna, pois tem muita coisa interessante — principalmente uma adaptação de Guardiões da Galáxia que está uma belezura.

Essa adaptação do SdA para FATE ganhou um novo ânimo nas férias, quando um grande amigo disse “tenho algo que você vai gostar” e me apresentou o videogame Shadow of Mordor, que eu conhecia apenas dos gameplays no Youtube. Foram necessários apenas quinze minutos de jogo para me fazer retornar aos trabalhos da adaptação. E após apresentar em 2016 o Narrando na Terra Média,  Regras de Corrupção e a Mágica Sutil, em 2017 retorno com as Habilidades Raciais, e agora venho fazer apontamentos sobre os Itens Mágicos e Lendários da Terra Média.

Guardiões da Galáxia para Fate Acelerado

Curiosamente, um dos supergrupos mais divertidos da franquia cinematográfica recente da Marvel — e estou falando dos Guardiões da Galáxia — começou de uma forma bem diferente da que conhecemos pelo filme e desenho animado. Vamos conhecer neste artigo um pouco de sua história e, de quebra, as fichas da mais recente formação da equipe.

O Senhor dos Anéis FAE – Habilidades Raciais

Os filhos dos Elfos que são os mais velhos; O Anão cavador das casas escuras; O Ent da terra, da idade dos montes; O Homem mortal senhor dos cavalos.

— Barbávore, As Duas Torres

 

Olá, Camaradas!

 

Nas últimas semanas temos utilizado esse espaço para dialogar com os iniciantes, em especial no artigo A Aventura vai Começar, que sugiro a leitura, por aqueles que desejam saber alguns métodos de como iniciar uma aventura. Mas nessa semana vamos voltar a falar sobre a adaptação para O Senhor dos Anéis para o Fate Acelerado a qual estou trabalhando desde o final de 2016, e que já tem duas partes publicadas aqui no Mundos Colidem: a primeira abordando as Regras de Corrupção; e a segunda, A Mágica Sutil da Terra Média.