Ficha de Personagem para Shadowrun FAE

E aqui vai a ficha de personagem – personalizada para a adaptação de Shadowrun para Fate Acelerado. Ao invés da tradicional ficha em A5, fiz uma maior, em A4, já que a adaptação pede mais espaço para implantes, equipamentos, armas, veículos, commlinks, feitiços, etc. Baixem aqui.

Avatar: Os Dobradores. Adaptação para Storytelling

Olá,

E finalmente chegamos em dezembro, o último mês do ano e aparentemente mais tranquilo – estamos no sexto dia e o ritmo dele já está um pouco mais light que o ritmo de novembro. Essa mudança de ritmo permitiu que eu respirasse um pouco, só que a tempestade de ideias na cabeça continua em polvorosa o que me joga na indecisão, o que me levou novamente a estar postando na Terça (isso e ter abusado um pouco numa maratona insana de Noragami que me fez dormir duas horas na segunda, após um domingo de evento). 😀 Admito que falta de organização também auxilia nisso e um dia vou fazer um modelo Lima de board pra cronograma, como o utilizado por Raphael Lima, o autor da coluna Nomos – mas até lá, vou ficar explorando o meu amigo João Neto como consultor de “Caraca, já é meia noite e eu preciso postar algo. Ajuda a decidir aqui, João!”. Portanto, este post é uma reciclagem de um dos posts antigos do Toca do Hutt, que chegou até a sair no wordpress do Mundos Colidem antes da digievolução que fizemos pra este site lindo aqui.

Shadowrun para Fate Acelerado

Depois de muita demora, aqui está a adaptação nada oficial de Shadowrun para Fate Acelerado, feita a partir de algumas notas e personagens para uma série de one-shots em um cenário cyberpunk. Como surgiu interesse em saber como funcionava a adaptação e suas regras específicas para elementos como magia e implantes cibernéticos, decidi investir em um artigo — que logo virou um conjunto de regras e finalmente, uma adaptação cobrindo o que achei mais importante sobre o cenário, além de algumas informações pra situar quem sabe pouco (ou nada) sobre Shadowrun. Espero que curtam a adaptação.

E por favor, lembrem-se: críticas, comentários e sugestões são muito bem-vindos!

X-Men: Primeira Classe para ICONS

Olá galera, trago hoje pra vocês uma nova adaptação — e dessa vez estamos com os X-Men, criados em 1963 por Stan Lee (roteiro) e Jack Kirby (arte) pela Marvel Comics. São os primeiros encontrados/treinados pelo Professor Xavier para sua escola: Scott Summers, Jean Grey, Bobby Drake, Hank McCoy e Warren Worthington III.
Apresento a vocês Primeira Classe.

Ainda virão mais por aí, isto é só o começo.

Justiça Jovem: adaptação para ICONS

Olá, galera!

Deixo aqui para vocês uma adaptação dos heróis da primeira temporada de Justiça Jovem, a equipe original dos jovens heróis do universo da DC Comics: Robin, Superboy, Artemis, Kid Flash, Aqualad e Miss Marte.

E aguardem que tem mais!

Changeling – Os Abduzidos

Olá,

Novembro sempre foi um mês complicado pra mim e este não fugiu à regra. Além das complicações, eu acabei me envolvendo em um projeto pessoal que tem consumido parte de meu tempo pra trazer material novo pra vocês aqui no Lugar Nenhum.

O Senhor dos Anéis FAE – Regras de Corrupção

Saudações, camaradas!

Venho mais uma vez dialogar com vocês sobre um assunto que é muito pertinente à minhas últimas postagens, o Fate; mais precisamente o Fate Acelerado — para os íntimos, FAE. Minha relação com o FAE começou em meados de 2015 quando o “Alto Sumo Sacerdote do Fate”, Petras Furtado, me apresentou ao sistema. Nunca fui muito adepto de sistemas genéricos, mas desde o primeiro encontro, isso mudou. Continuei como jogador até meados de março de 2016, quando decidi me aventurar a  narrar no sistema e desde então estou me aprofundando nele, aprendendo coisas novas e dando vida a algumas coisitas que eu queria narrar.

Contra os Vingadores: Mestres do Mal

Dando continuidade à série de versões em Fate Acelerado dos maiores inimigos dos Vingadores nos quadrinhos, chegamos à vez dos Mestres do Mal. Aproveitem!

Tokusatsu para Savage Worlds (Savage-Satsu)

Olá galera, hoje na Coluna Pontos de Ignição, dando um descanso no cenário, trago a vocês hoje uma adaptação para Savage Worlds de um dos temas que estouraram nos anos 80 e 90 no Brasil — e vou apresentar de forma resumida a história desse estilo de show live-action japonês e umas regras rápidas para começar a jogar com seus amigos.

Nova Amsterdã 1646: O Mythos chega ao Nordeste holandês

Saudações, Camaradas!

Venho essa semana dialogar com vocês sobre um novo projeto, e uma nova parceria. Primeiro vamos falar do projeto, que nasceu na necessidade de juntar dois temas que me são particularmente atrativos: o universo de Lovecraft e a história do Rio Grande do Norte, meu estado natal. Em meados de 2010 eu tinha dado início ao projeto Nova Amsterdã — uma crônica para Vampiro: Idade das Trevas, que gerou um romance dividido em onze capítulos, dos quais os cinco primeiros foram postados no blog original do Mundos Colidem. Espero futuramente compilar todo o material para publicar nesse novo espaço. Mas apesar da experiência ter produzido todo este material, ela não alcançou o resultado desejado, pois faltava algo. A boca ainda salivava.