Narrando Weird Wars II – Savage Worlds

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.  

A Caixa do Lima essa semana faz uma rápida parada nos artigos sobre Espada & Feitiçaria com foco na produção autoral do Espada & Magia, um conjunto de regras rápidas para jogos ambientados nesse gênero literário com base nas obras de Robert E. Howard e Michael Moorcock — e assumindo um flerte com a obra de Lovecraft.

Venho apresentar aos leitores desta coluna algo que não faço há muito tempo — se é que um dia já fiz (mas acredito ter feito sim) — um relatório de experiência de mesa.

A experiência abordada a seguir é a campanha de Weird Wars II de Savage Worlds, que narrei de janeiro a maio de 2018, totalizando 9 sessões, em um grupo com média de 6 a 9 jogadores. Inicio com uma pequena resenha do livro, seguido de um breve relato de alguns dos melhores momentos da campanha, de dicas para os narradores que desejam narrar no cenário e os pontos positivos e negativos dessa experiência.

Aproveitando o ensejo, também apresento algumas referências para pesquisa e feedback dos jogadores.

Raças para DCC

Olá Galerinha! Sejam bem vindos à Estação das Brumas. Peguem seus tickets e procurem um assento aconchegante, nesse lugar que é feito de idéias e sonhos, pois nossa viagem está para começar! Fiquem de olhos e ouvidos atentos para não perder nada desta bela paisagem do tempo: nossa próxima parada nos leva ao passado com o Dungeon Crawl Classics ou simplesmente DCC. Eu sou Helio Alcântara, ou, como os amigos me chamam, hhtotal.

Lançamento do Gaia RPG: Playtest Oficial

Olá pessoas!
Aqui é o Tio Lipe e bem-vindos novamente ao Santuário do Mestre. Em setembro do ano passado, publiquei aqui no Mundos Colidem a apresentação do meu novo sistema, o Gaia RPG, sendo voltado para jogos de fantasia medieval e tendo como premissa ser simples, completo e acessível. No final daquela postagem expliquei que o texto base do sistema estava sendo revisado e que seriam necessários alguns jogos-testes fechados antes do lançamento. E hoje venho apresentar aos caros leitores o produto final deste maravilhoso sistema: o seu playtest oficial!

Naruto para D&D 5E – Clãs

Olá,

Saudações, 2d8 leitores! Eu sou o Leishmaniose e no capítulo do Lugar Nenhum desta semana, na parceria com a Santuário do Mestre, darei continuidade à adaptação do cenário de Naruto para a 5E, a engine do D&D 5ª edição, trazendo os Clãs e Kekkei Genkais.

Naruto 5E: O Mundo de Naruto | Características | Habilidades | Clãs | Jutsus (Rank E)

Magias para Espada & Feitiçaria

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.

No último mês, estive ausente das postagens desta coluna, devido às quests da vida acadêmica — que necessitavam do meu tempo para a escrita de relatórios e artigos de conclusão de curso — mas agora com alguns leões vencidos, e outros amedrontados, espero retomar o ritmo de escrita deste espaço, que sempre foi uma das coisas a manter minha sanidade intacta.

Naruto 3D&T Alpha Revisado: Parte IV – Elementos

Olá pessoas!
Aqui é o Tio Lipe e bem-vindos ao Santuário do Mestre. Na minha última postagem desta adaptação de Naruto para 3D&T Alpha, eu listei os Ninjutsus Básicos e Gerais que as personagens têm acesso. Entretanto, devido ao tamanho da postagem e ao meu tempo limitado, acabei não falando dos jutsus elementais, que é o assunto de hoje. Desta forma, hoje trago a vocês uma nova lista de jutsus, os quais vocês podem usar como referência para criar os seus próprios.

Naruto 3D&T Alpha Revisado: Personagens | Jutsus | Ninjutsus | Elementos | Clãs | Equipamentos | Jutsus Médicos | Kinjutsus

Vilões, Equipamentos e Condições: Gaia Playtest

Sejam bem vindos 2d6 + bônus leitores! Eu sou o Joka, da Espaço Mítico. E hoje trago a continuação dos relatos da experiência do playtest do Gaia RPG. O foco do nosso relato é a Criação de Vilões; lidando com Equipamentos e como funciona o sistema de Condições 

A Importância da Narrativa em um Jogo de RPG

Como bons jogadores de RPG, todos nós costumamos nos preocupar com as regras, com os números, as mecânicas e os dados, que transformam nossos cenários em coisas vivas e dinâmicas, adicionando aquele realismo que é instigante na mesma medida em que é desafiante. São esses sistemas, já conhecidos nossos, que nos dão segurança e fazem o mundo que imaginamos saltar aos olhos e trabalhar bem como as engrenagens de um relógio, impulsionando os braços do tempo que gastamos planejando nossas campanhas.

Talvez a mecânica, as regras e o sistema que vamos usar sejam nossas primeiras e mais importantes preocupações, ao que mais nos dedicamos e, algumas vezes, nossa única preocupação. Debruçar sobre um sistema e transportar para ele personagens, aprender suas habilidades, como elas funcionam com as mecânicas, imaginar os cálculos dos dados para que tudo seja bem perfeito e quase automático, a perfeita máquina, funcionando quase automaticamente — e, quando isso acontece, nos traz um sorriso ao rosto e a sensação de um trabalho bem feito.

E então, alguns de nós, param por aí. Afinal, com todo o sistema e a mecânica prontos, as coisas devem quase caminhar sozinhas, certo?

Errado.

Naruto para D&D 5E – Habilidades de Classe

Olá,

Saudações, 2d8 leitores! Eu sou o Leishmaniose e no capítulo do Lugar Nenhum desta semana, na parceria com a Santuário do Mestre, darei continuidade à adaptação do cenário de Naruto para a 5E, a engine do D&D 5ª edição, trazendo as Habilidades Ninjas.

Naruto 5E: O Mundo de Naruto | Características | Habilidades | Clãs | Jutsus (Rank E)

Boku No Hero Academia – Classe 1A

Olá, galerinha!

Eu sou Helio e sejam todos bem vindos ao nosso cantinho além do tempo e do espaço na Estação das Brumas. Após nossa ultima postagem: Boku no Hero Academia para Fate Acelerado, alguns amigos perguntaram como eu faria as fichas dos personagens do anime. Daí, eu resolvi trazer as fichas dessa galera para vocês usarem em suas campanhas! Vamos começar com todos os alunos da turma 1-A!

Vamos nessa!