Lugar Nenhum – Cenário de Magia Contemporânea para D&D 5

Olá,

Saudações, 2d8 leitores! Eu sou o Leishmaniose e no capítulo do Lugar Nenhum desta semana, trago um cenário autoral de escola de magia que pretendo adaptar inicialmente para 5E, a engine do D&D 5ª edição!

Potiguares: um jogo minimalista sobre o cotidiano indígena

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.

No episódio anterior da Caixa do Lima, apresentei um cenário com a temática Afro-futurismo que inscrevi no Concurso Alphaversos, o Afro Rangers, que se passa em um futuro pós apocalíptico, onde a sociedade Iorubana é a única remanescente de um conflito nuclear que ocorreu no século XXII.

Dando sequência às produções autorais, gostaria de apresentar aos meus fiéis leitores o Potiguares: os moradores do Rio Grande do Norte. Trata-se de um minijogo que desenvolvi para a utilizar nas aulas de cultura e tradições indígenas, com foco nos índios Potiguares que habitavam o litoral do estado do Rio Grande do Norte, no nordeste do Brasil.

Star Trek para Fate Acelerado

Eis-me aqui de volta à Encruzilhada dos Mundos, desta vez com a adaptação de uma das minhas séries de TV e cinema favoritas, Star Trek, para um de meus sistemas favoritos de RPG, Fate Acelerado. Acompanha fichas de personagens e naves estelares, audaciosamente indo onde RPGista nenhum jamais esteve!

OK, esta última parte não é bem verdade. Muita gente já narrou e jogou em Star Trek

Precisamos dar o exemplo

Nos últimos dias iniciei o meu caminho de volta às comunidades de RPG e tenho observado algumas postagens interessantes, algumas com temas recorrentes, como casos de sexismo e misoginia.

Uma das postagens era uma chamada para o artigo Correndo como lobas, do blog Matilha da Garoa, que fala sobre o preconceito que as mulheres sofrem nas mesas de jogos.

Não falar sobre o problema é ignorá-lo e falar sobre, não tem nada a ver com o politicamente correto, faz parte do contrato social, que fazendo coro com a autora do artigo já mencionado, precisa sim ser discutido.

Tocados pelo Terror – Cenário de terror de bolso

Sejam bem vindos, caros leitores, à coluna desta semana. Meu nome é Joka e sou responsável pela Espaço Mítico. Hoje, eu apresento a vocês um micro-cenário de terror pós-apocalíptico para 3D&T Alpha que vem sendo desenvolvido por mim em um jogo que estou narrando e que acabou servindo como uma luva para o Concurso Alphaversos.

Fullmetal Alchemist para Savage Worlds

Olá caros 1Dx leitores, je suis Necrolas do Ponto de Ignição, trago a vocês hoje como o titulo deixa a entender uma adaptação da animação japonesa Fullmetal Alchemist, onde conta a aventura de Edward Elric e seu irmão Alphonse Elric em busca de uma forma de voltarem ao normal.

Sword Art Online para D&D 5

Olá,

Saudações, 2d8 leitores! Eu sou o Leishmaniose e no capítulo do Lugar Nenhum desta semana, trago uma adaptação de Sword Art Online para a 5E, a engine do D&D 5ª edição!

Afro Rangers: micro-cenário para 3D&T

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.

No episódio dessa semana da Caixa do Lima, o papo é sobre um micro-cenário desenvolvido para o Concurso Alphaversos, que ocorreu no último carnaval, organizado pela galera do site Rpgista. Foi uma experiência muito divertida, onde boa parte dos integrantes do Mundos Colidem participaram, como relatado pelo Leish em sua postagem Yousei – cenário de fantasia de bolso.

A diversão se deu pelo fato inacreditável de apenas recentemente eu ter sido apresentando ao 3D&T — pois é, um sistema que está no mercado há tanto tempo e com tanto sucesso — descobrindo um sistema simples, divertido e com muito potencial para produções independentes. Então peguei uma ideia que estava maturando há algum tempo, e o resultado foi o cenário inscrito no concurso, que vou apresentar agora a vocês.

Ehdrigohr – The Roleplaying Game

Nos últimos dias estive refletindo sobre propostas diferenciadas de RPG e depois que assisti Pantera Negra, a ideia ficou ainda mais viva em minha mente, daí me lembrei de um sistema/cenário muito interessante.

Nova Amsterdã: Lidando com sanidade e loucura

O ano virou e finalmente retomamos às atividades aqui na coluna Espaço Mítico. Eu sou o Gilberto “Joka” Olimpio, responsável por este espaço onde já passaram muitas dicas para narradores novatos, sugestões de livros sobre narração, artigos sobre hexcrawl, resenhas de sistemas, uma adaptação bacanuda para Fate Acelerado de Mouse Guard, discutimos Fate Fractal, disponibilizei aventuras prontas para o sistema Medievo (e que é facilmente adaptável para outros sistemas), e a recente participação em peso do Mundos Colidem no concurso Alphaversos, como pode ser conferido na postagem de Leish com seu cenário Yousei.