Um Grito na Noite – Aventura de Persona 4 para Cortex Plus

Olá,

No dia 15 de outubro de 2017 ocorreu o evento Anima Con aqui na cidade de Natal/RN, um evento para fãs de animes e mangás, com espaço também para outras áreas afins, como o k-pop, card game, jogos eletrônicos, boardgame e RPG. Nós, do Mundos Colidem, fomos chamados para auxiliar na organização da parte de RPG, em parceria com a Ludobox que estava organizando a parte de boardgames. Por ser um evento de anime, foi decidido que todas as aventuras-prontas mestradas no evento seriam na ambientação de algum anime, escolhendo-se sistemas adequados para um jogo naquele cenário. Assim, levamos seis mesas: Blame!, mestrado por Lima no sistema do Savage Worlds; Boku no Hero, mestrado por Robson no sistema Icons; Naruto, mestrado por Tio Lipe no sistema do 3D&T Alpha; One Piece, mestrado por Joka no sistema do Open Legends; Fullmetal Alchemist, mestrado por Necrolas no sistema do Savage Worlds; e Persona 4, mestrado por mim, Leish, no sistema do Cortex Plus. Ainda na linha da postagem anterior, eu trago no capítulo de hoje, uma análise sobre o sistema Cortex Plus que tenho utilizado em meus jogos shounen, a aventura-pronta e as fichas de personagens que foram utilizadas.

Chronicles of Darkness Day – As Crônicas da Eichen High School

Olá,

Sábado, 28 de outubro de 2017, ocorrerá o Chronicles of Darkness Day, um evento organizado pelo site Cronistas das Trevas BR em parceria com vários grupos em diversas cidades do país. A proposta é de que no último sábado de outubro ocorram diversas mesas de RPG com as linhas do Chronicles of Darkness (o que anteriormente era chamado de “Novo Mundo das Trevas” antes da compra da White Wolf pela Paradox). Ou seja, em diversas cidades do Brasil, estarão ocorrendo mesas de jogos como “Vampiro: O Réquiem”, “Lobisomem: Os Destituídos”, “Changeling: Os Perdidos”, “Mago: O Despertar” e outros jogos da linha do Chronicles of Darkness, seja primeira ou segunda edição. As cidades inscritas para participação no evento são: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Campina Grande (PB), Colatina (ES), Curitiba (PR), Embu-Guaçú (SP), Fortaleza (CE), Macapá (AP), Maricá (RJ), Manaus (AM), Natal (RN), Piracicaba (SP), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), São José (SC), São Paulo (SP), Serra (ES), Serrinha (BA), Teixeira de Freitas (BA). Aqui, em Natal, a parceria é realizada, desde a primeira edição, conosco do Mundos Colidem. O Chronicles of Darkness Day (ou CofD) será realizado no Complexo Geek a partir das 14h e temos três mesas cadastradas: uma em lobisomem, mestrada por Joka, outra em mago, mestrada por Joris, e outra para mortais, mestrada por mim, Leishmaniose. Ao longo da semana estaremos fazendo divulgação das mesas na fanpage do Mundos Colidem. Vocês podem conferir o evento aqui, a página dos Cronistas das Trevas BR com mais informações sobre o evento aqui e a fanpage do Mundos Colidem aqui.

Hora da Aventura RPG – Grupo No Fucking Way

Olá, Galerinha!

Os dias foram meio corridos aqui pelas terras do cuscuz com ovo e pão com mortadela, mas não podemos deixa de pegar nosso trem. Não dá pra parar! Esta semana vamos dar sequência a nossas viagens e desta vez vamos voltar à terra de Ooo para falar de um novo grupo de heróis. Então um abraço a todos e vamos que vamos!

Sobre esta publicação

Após a nossa resenha sobre a Hora da Aventura RPG e com a chegada desse material finalmente às mãos dos leitores, eu vejo a galerinha querendo arrancar os cabelos da cabeça em um êxtase delirante. Então, acho que podemos começar a nos animar para produzir coisas bacanas pra ele. E, claro, não poderia deixar de falar, galera, que o livro ficou “BA BA DO”. A retropunk botou pra quebrar! Ficou tão bom quanto sua versão gringa. O papel de ótima qualidade, além de manter o mesmo tamanho do original. Deixo meus parabéns pelo trabalho dessa galera que vem inovando no mercado rpgístico.

Para nosso encontro de hoje gostaria de apresentar um grupo de heróis totalmente inusitados os “No Fucking Way”.

A Jornada do Herói em Medievo

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.

 

Esta semana no Nomos, a coluna onde vos falo quinzenalmente, volto a falar sobre o Medievo RPG, um sistema de minha autoria que venho desenvolvendo desde meados de 2015. Mas dessa vez não vamos apresentar o Medievo novamente, mas sim debater mais alguns aspectos pertinentes do sistema e apresentar atualizações, conforme se desenrolam seus playtests nos eventos de RPG aqui em Natal, além das mesas dos colaboradores.

Quem ainda não conhece o Medievo, pode baixar o Livro de Regras do Medievo RPG: Fantasia Medieval na Baixa Idade Média, em formato de playtest e começar a rolar dados e acompanhar as atualizações que rolam nessa coluna.

Moana: Um Mar de Aventuras para Fate Acelerado – Parte II.

Saudações, navegantes!

 

Na última semana compartilhei uma ideia, a adaptação de Moana: Um Mar de Aventuras para Fate Acelerado e encerrei a postagem falando que se um dia voltasse – por isso chamei de apontamentos, pois não tinha a intenção de trabalhar essa proposta – a mexer nessa adaptação, falaria sobre embarcações.

E segundo o ditado popular, “nunca diga nunca”, em menos de uma semana, graças ao feedback positivo da comunidade e piadinhas internas no Mundos Colidem – alguns pediam até adaptação de Princesinha Sofia – retorno com a segunda parte dos apontamentos para Moana: Um Mar de Aventuras para Fate Acelerado.

Ficha de personagem para Mouse Guard FAE

Olá pessoal! A Espaço Mítico hoje faz uma aparição especial de domingo para trazer a vocês a ficha de personagem da adaptação de Mouse Guard para FAE. Para aqueles que perderam a postagem do material completo, basta clicar AQUI e sair jogando! O link para baixar a ficha produzida pelo poderoso Petras “Papai Smurf” podem ser encontrados no Mega e Dropbox.

Cada página permite imprimir duas fichas ao mesmo tempo que podem ser divididas facilmente. Vindo na versão colorida e Preto & Branco para facilitar impressão. Em nossa próxima postagem, publicarei alguns personagens prontos para usarem em um jogo rápido no estilo evento ou para aqueles que desejam apresentar o FAE a seus jogadores e uma aventura extra. Bom jogo a todos!

 

Medievo: Jogo de Teste 3.0

Olá Camaradas!

Postagem dessa sexta é curtinha, e não foi feita de última hora como a outra (mentira, foi também). Pois venho trazer para vocês algo que os leitores desse micro/macro espaço já conhecem, o Medievo RPG. Um sistema que foi desenvolvido com base nas minhas experiências no uso da narrativa interativa em sala de aula, durante as atividades das disciplinas de Ensino Religioso e História. Para os que não sabem, sou professor e desde meados de 2012, comecei a inserir o RPG nas minhas aulas.  Na última postagem abordei as Oficinas Interativas que ministro em minhas aulas e realmente não esperava a repercussão e os contatos, inclusive na escola onde leciono, pois alguns companheiros nem sabiam da existência (e persistência) de tal atividade. E entre alguns desses contatos, as conversas foram sobre como o Medievo estava se tornando um cenário bem definido e com características próprias, mas que a produção do material de RPG voltada para a prática docente necessitava de algo mais genérico, que pudesse abordar todas as temáticas.

Oficinas Interativas

Olá, Camaradas!

 

Muita polêmica sobre RPG ocorreu nesse curto tempo de existência do ano de 2017 — como assim, curto tempo? Estamos quase no meio do ano. Em termos de tempo humano, os dias estão sendo mais curtos, não sei nem se as medidas de segundos, minutos e horas são as melhores formas de calcular o nosso dia. Como diria meu amigo Leish, são as atividades da adultessência ocupando todo nosso tempo, e pela primeira vez estou rabiscando essas linhas aqui de última hora, restando menos de doze horas para essa postagem ir ao ar. E enquanto estava envolto nesse texto, essa questão — que sempre nos ataca com sucesso crítico — me veio à mente: o tempo. E pretendo esboçar apontamentos em uma postagem futura, onde falaremos sobre o tempo e as atividades de RPG, pensando em como conciliar o hobby com a nossa vida.

Ficha de aventura fractal para FAE/Fate

E retornamos as Aventuras Fractais para FAE/Fate da nossa postagem anterior, trazendo agora uma ficha de aventura fractal traduzida para o português da Sophie Lagacé, autora do incrível cenário War of Ashes para FAE. A ficha pode ser encontrada AQUI graças ao nosso poderoso Petras da Encruzilhada dos Mundos que por livre e espontânea pressão elaborou o material para nós. Mas isso não é tudo, em nossas próximas linhas, os ajudaremos a preencher a ficha com uma aventura exemplo para vocês usarem e se divertirem com seus amigos, bastando apenas imprimir e levar para sua próxima sessão!

Senhor dos Anéis FAE – Regras para Jornadas

Olá Camaradas!

Nesta semana vamos novamente dialogar sobre a adaptação de O Senhor dos Anéis para Fate Acelerado. E enquanto escrevo esses apontamentos para vocês, estou ouvindo a faixa dois – Concerning Hobbits – do álbum da Sociedade do Anel, de Howard Shore. Sempre que vou começar a planejar uma aventura no universo de O Senhor dos Anéis, costumo ouvir essa faixa e pensar: O que pode dar de errado? Essas e outras deambulações sobre planejamento no cenário, pretendo deixar para o arquivo final da adaptação — sim, já estou trabalhando nele. O último feriadão foi quase todo dedicado à escrita, testes e revisões para esta Jornada. E inclusive, no último domingo, realizei um playtest com alguns amigos do Mundos Colidem e antes do final desta postagem falarei sobre a aventura de páscoa na Terra Média.