Terraplana 3: Arquétipos do cenário

Bom galera, espero que tenham gostado do que tenho descrito do cenário — se ainda não leu a ambientação do cenário e o conto de introdução, ainda está em tempo. Hoje venho até vocês um pouco atrasado, é verdade, mas foi para que melhorias fossem feitas. Os arquétipos serão apresentados de forma temática e como sei que vocês desejam desbravar o mundo lá fora, começarei pelos desbravadores: Os pilotos de Mecha e um exemplo de Mecha além dos Avataris (como são chamados os usuários de avatares no cenário) com um exemplo de avatar.

Mas antes de falar dos arquétipos, vejamos as peculiaridades sobre as regras do cenário.

Terraplana 3: Ambientação

Bom, galera, antes de começar, queria falar um pouco de como vai ser o Terraplana. O sistema que usarei para apresentar será o Savage Worlds e os posts serão curtos e com enfoque em determinados elementos dessa ambientação. Portanto, sem enrolação, vamos lá.

Terraplana 3

Sejam bem vindos ao Ponto de Ignição, O local onde tudo tem inicio e onde tudo pode acabar (ou se juntar em algo novo), veremos nessa seção de mundos em adaptação a criações de raças e criaturas novas ou antigas ressurgidas das cinzas de mundos que foram esquecidos no tempo e no espaço.