Toda rolagem importa!

E a Espaço Mítico de hoje retorna às origens com mais um artigo sobre narração! Dessa vez trago a vocês leitores, uma preocupação mecânica relativamente nova, mas que vem sendo discutida e aplicada em diversos RPGs indies e mainstream ao longo dos últimos anos: Toda rolagem importa.

Tokyo Ghoul para FAE

Olá Galerinha!
Parabéns atrasados a todos os nossos amigos Nerds! Que esse 25 de maio tenha sido fantástico para todos, com muita diversão! Agora, vamos revisar os itens de nossa mala: escova de dentes, coca cola, sabre de luz, nintendo 3ds, camisa “BAZINGA!”, mangas, muitos botons, DVDs do Star Trek, dados mágicos e por último, nossa velha e querida toalha.
Com as malas prontas, vamos viajar para um mundo obscuro, um mundo repleto de horror e com os mais saborosos tipos de cafés, nossa próxima parada é a Tóquio sobrenatural de Tokyo Ghoul.

Armas de família para D&D 5E

“A espada já estava na família há décadas. Alguns diziam que era feita de metal estelar e que tinha poderes mágicos, tendo salvado a vida de todos aqueles que as empunharam muitas vezes. A verdade é que nenhum deles estava vivo para confirmar as histórias e nenhum deles morrera de velhice.”

O equipamento que um personagem de primeiro nível possui, pode ser comprado, herdado, roubado, etc. Quando herdado, este equipamento pode trazer uma longa história e uma oportunidade única de incorporar elementos à narrativa – especialmente as armas.

Naruto para Savage Worlds: Parte II – Jutsus

Olá pessoas!
Em minha última postagem aqui no Santuário do Mestre, eu apresentei a primeira parte da minha adaptação de Naruto para Savage Worlds. Hoje vou direto ao ponto e, conforme prometi no final da postagem passada, começarei a falar sobre os Jutsus. Em mangás e animes do estilo shonen, é muito comum que seus personagens usem poderes especiais ou magias, tendo os seus nomes estilosos gritados a cada uso. Em Naruto não é diferente, e aqui eles são chamados de jutsus (que pode ser traduzido como “técnica”). Entre os mais famosos está a marca registrada do protagonista da série, a “Técnica do Clone das Sombras” ou Kage Bunshin no Jutsu, no original; um jutsu proibido que ele aprende logo no primeiro capítulo do mangá.

Como Treinar Seu Sistema IV – Sobre Criar seu Sistema, OGLs, Creative Commons e outras Licenças

Olá,

Saudações, caríssimos 2d8 leitores! Nos capítulos anteriores eu falei sobre os cenários de D&D elaborados pela TSR e pela WotC – e dei uma aprofundada em um dos meus xodós no último capítulo, o “Masque of the Red Death” que apresenta regras para jogar D&D na Era Vitoriana. Eu pretendo, nos próximos capítulos, falar sobre outros cenários e, se possível, trazer adaptações para a 5ª edição – seja autoral ou alguma adaptação encontrada na internet. Porém, neste capítulo eu trago um assunto que surgiu em uma discussão que presenciei semana retrasada, sobre criação de um sistema próprio de RPG. Vou aproveitar e falar um pouco sobre a OGL, o Creative Commons e as demais licenças de alguns sistemas de RPG, sobre os quais muitas pessoas têm curiosidade de como funcionam e cujo conhecimento são essenciais para quem deseja criar seu próprio sistema.

Ficha de personagem para Mouse Guard FAE

Olá pessoal! A Espaço Mítico hoje faz uma aparição especial de domingo para trazer a vocês a ficha de personagem da adaptação de Mouse Guard para FAE. Para aqueles que perderam a postagem do material completo, basta clicar AQUI e sair jogando! O link para baixar a ficha produzida pelo poderoso Petras “Papai Smurf” podem ser encontrados no Mega e Dropbox.

Cada página permite imprimir duas fichas ao mesmo tempo que podem ser divididas facilmente. Vindo na versão colorida e Preto & Branco para facilitar impressão. Em nossa próxima postagem, publicarei alguns personagens prontos para usarem em um jogo rápido no estilo evento ou para aqueles que desejam apresentar o FAE a seus jogadores e uma aventura extra. Bom jogo a todos!

 

Medievo: Jogo de Teste 3.0

Olá Camaradas!

Postagem dessa sexta é curtinha, e não foi feita de última hora como a outra (mentira, foi também). Pois venho trazer para vocês algo que os leitores desse micro/macro espaço já conhecem, o Medievo RPG. Um sistema que foi desenvolvido com base nas minhas experiências no uso da narrativa interativa em sala de aula, durante as atividades das disciplinas de Ensino Religioso e História. Para os que não sabem, sou professor e desde meados de 2012, comecei a inserir o RPG nas minhas aulas.  Na última postagem abordei as Oficinas Interativas que ministro em minhas aulas e realmente não esperava a repercussão e os contatos, inclusive na escola onde leciono, pois alguns companheiros nem sabiam da existência (e persistência) de tal atividade. E entre alguns desses contatos, as conversas foram sobre como o Medievo estava se tornando um cenário bem definido e com características próprias, mas que a produção do material de RPG voltada para a prática docente necessitava de algo mais genérico, que pudesse abordar todas as temáticas.

Revisitando as Raças de Star Wars para Savage Worlds

Olá amigos, hoje apresento a vocês (reapresentar na verdade) as raças de Star Wars, apresentadas no antigo site do Mundos Colidem. Sem mais delongas e enrolações vamos a elas.

Mouse Guard para Fate Acelerado

Atendendo a pedidos antigos de leitores e até mesmo dos nossos amigos aqui do Mundo Colidem, FINALMENTE trago para vocês uma adaptação do Mouse Guard para Fate Acelerado! É isso mesmo! E o material que trazemos para vocês hoje é um PDF completo, com cerca de 56 páginas que vão da criação de personagens, exemplo de jogo, lista de antagonistas e cenário até uma aventura introdutória para você já sair jogando com seus amigos tão logo agarre o material! O design e edição foram todos montados pelo nosso poderoso Petras “Papai Smurf” Furtado com texto deste que vós fala.

E para que você não sinta falta de mais informações quanto ao cenário (ou queira fazer uma adaptação em outro sistema) o pessoal do Mundos Colidem também já deixou suas contribuições para a Guarda com um Mouse Guard para D&D 5e, Mouse Guard para Savage Worlds e também para o RPG nacional Crônicas, dividido em três partes que você pode encontrar aqui: I, II e III.

O PDF está todo montado em cima de marcadores para quem quiser utilizar em tablets, smartphones ou no computador, facilitando sua leitura. Infelizmente, o livreto ainda está sem ficha, mas ainda nesta semana estaremos trazendo para vocês. E agora, sem mais delongas, os dois links para baixar o Mouse Guard FAE:

E para fecharmos com chave de ouro, o PDF ainda possui um pequeno easter egg; conseguem descobrir o que é? Bom jogo para vocês! E lembrem-se:

Saúdem todos aqueles que são capazes! Todo camundongo pode, Todo camundongo consegue, Mas a Guarda prevalece!

OBS.: pediram, e atendemos: aqui está a versão printer-friendly do Mouse Guard FAE, para quem deseja uma versão que não pese tanto no bolso na hora de imprimir (em 11/06/2017).

Sempre Selvagem

Olá, Galerinha!

Esse domingo foi aquele dia em que ao dormir, percebemos que devemos ter engordado uns dez quilos. Foi o Dia das Mães e espero que todos tenham comemorado bastante com almoços e jantares fantásticos. Desejo um grande abraço a todas as mães por terem paciência conosco, os garotos que rolam dados mágicos e bagunçam a casa toda. Feliz Dia das Mães!

Agora vamos embarcar em mais uma viagem alucinante. A Estação das Brumas é um lugar oculto, um momento no tempo, uma resposta perdida e nosso trem segue rumo ao céu azul por uma miríade de mundos e idéias. Então vamos ficar de olhos bem abertos para não perdermos nada.